EU QUERO, EU POSSO EU VOU CONSEGUIR!
Estou de mudança...anda cá ver o Blog Novo!
http://diariogleicelopes.blogspot.com/ De hoje em diante, vou postar lá! Espero por vocês. Gleice Lopes
Sexta-feira, 07.05.10

Olá minhas lindas Divas,

 

Acabei de chegar da Clínica e fiz hoje uma sessão de Radiofrequência, "um must"! Quem fez foi a Marisa (um doce de pessoa),  fez nos braços e na linha do rosto, assim que acabamos vemos logo a diferença!!  MARAVILHOSO!! Vou postar uma fotinha do rosto que tirei agorinha pra vcs verem. rs

Como já devem ter notado, não tenho tido grandes mudanças na balança...buáááááá, pois é, por mais "educadinha" que eu esteja na alimentação e com todos os tratamentos que tenho feito na Clínica, era de esperar que o peso estivesse indo embora sem dizer adeus...rs , bom, mas não é o que está a acontecer, tenho perdido muito volume, mas a balança que é bom, tá estacionada.

 

Como adooooooooooooooooooro, partilhar o que aprendo com vocês, estive novamente a pesquisar sobre o que está a acontecer no meu organismo. O nome que é dado a este "efeito"é  platô.

 

 

 

 

 

 

 

Encontrei um artigo  no Cyber Diet, que esclarece porque acontece e dá dicas 

 

 

  “Supere o efeito platô” é de autoria da nutricionista Roberta Stella, graduada pela USP.

Peso estabilizado. Isso à primeira vista parece excelente, mas se está suando a camisa para esvaziar as células de gordura, isso é simplesmente desesperador e desestimulante.

 

Quem é que sente vitorioso em pesos absolutamente iguais durante semanas? Convenhamos, ninguém. Análises da alimentação são feitas e a disciplina de monge foi cumprida ponto a ponto. De quem é a culpa?

 

Nessa história não existe bandido nem mocinho. Simplesmente o seu organismo está se adaptando a uma situação a ele imposta. A estabilização do peso após um período de tempo é chamada de efeito Platô.

 

Eliminar peso resulta em mudanças na composição corporal.

Uma é óbvia: redução da quantidade de gordura que está distribuída pelo corpo. A outra, muitas pessoas podem estranhar. Durante o emagrecimento ocorre a perda de massa magra ou músculo, mesmo que essa perda seja pequena.

 

A necessidade de energia que o organismo precisa para manter o peso varia de acordo com a composição corporal, ou seja, com a quantidade de massa magra e de gordura. Assim, é normal que uma pessoa que esteja diminuindo de peso atinja um patamar onde a quantidade de energia consumida não forneça mais o déficit calórico (energia consumida menor que a energia necessária para a manutenção de peso).

 

Parece complicado isso? Em poucas palavras, pessoas que apresentam excesso de peso necessitam de uma maior quantidade de energia para que o peso fique estabilizado. Assim, se a mesma pessoa começa a eliminar peso, a necessidade de energia para manter também vai diminuindo até que ela chegue à quantidade de energia que está sendo consumida para emagrecer.

 

Resultado: estabilização do peso.

 

Para fugir do efeito Platô, algumas mudanças devem ser feitas:

 

- Revisão do plano alimentar e diminuição da quantidade calórica,
- Aumento da quantidade de exercícios. Se nesse ponto ainda não começou a se exercitar, é um bom momento para começar,
- Se já faz atividade física, converse com o professor de fitness. Talvez esteja na hora de mudar as séries de exercícios praticadas,
- Tenha uma alimentação variada. Saboreie diferentes alimentos para que não sinta privações,
- Mantenha-se estimulado sempre,
- Não perca a determinação. A estabilização é normal e é possível sair dela,
- Consulte sempre um nutricionista. Ele esclarecerá as suas dúvidas e mostrará o melhor caminho para voltar a eliminar peso,
- Não se sinta culpado. Nunca.

 

É importante enfatizar que não é recomendado iniciar um plano de redução de peso com uma alimentação extremamente restritiva. Quem não pensa que para emagrecer é necessário uma alimentação contendo 1200 Kcal? Isso é muito comum de se ouvir. Mas não é verdade. Pessoas não são iguais e uma recomendação pode variar entre elas. A pior notícia é que com o tempo, a restrição deverá ser aumentada. E quem se sente estimulado a ingerir 1000 Kcal, 800 Kcal diárias? E, nutricionalmente, não é recomendado.

 

 

.............................x.............................

 

 

 

 



 

 Coisas minhas:

-Estou abolindo o sentimento de culpa da minha vida!

-Meu cérebro tb está na RA! Está aprendendo a pensar magro!

 

 

PENSAMENTO MAGRO DO DIA:

Nem todas as emoções negativas nos fazem querer comer!!

Bjinhos na alma!!!

Gleice Lopes

 

............

publicado por gleice às 17:41 | link do post | Deixe seu recadinho! |  O que é? | favorito
Maria da Luz a 8 de Maio de 2010 às 09:20
Cara Gleice tem sido muito útil e clara no seu blog, parabéns.
Escrevo-lhe para fazer uma pergunta.
Eu e o meu marido já andamos a fazer uma dieta semelhante à sua e não vemos resultados.
Penso que uma das causas é o facto de comermos sopa à noite, à base de batata e feijão.
Também nunca dispensamos o azeite no peixe e nos legumes.
Gostava que me desse um conselho se puder.
Não desanime o efeito platô há-de passar e aí vamos vê-la nos 60 esbelta.
os melhores cumprimentos,
Maria da Luz
Estou de mudança...anda cá ver o Blog Novo!
http://diariogleicelopes.blogspot.com/ De hoje em diante, vou postar lá! Espero por vocês. Gleice Lopes
Gleice Lopes
Visitantes!

Contador de visitas ..........(Tive que zerar o contador anterior pois o site que o hospedava "quebrou"! Estávamos em 12.978 visitas em 19-03-2010)
Divas on line!
online